Um filme sobre Pauline Jaricot, fundadora das Pontifícias Obras Missionárias

Um curta-metragem sobre a experiência de fé de Pauline Jaricot, proximamente beata. O filme pretende comunicar através de imagens e músicas originais a beleza e o amor que Jaricot encontrou em Deus e que gerou sua paixão missionária. Pauline Jaricot fundou as Pontifícias Obras Missionárias

“Olhar de cima” é o título do curta-metragem dedicado à próxima beata Pauline Jaricot, realizado pela Agência Fides e promovido e produzido pelas Pontifícias Obras Missionárias. A apresentação, será realizada na próxima sexta-feira 13 de maio no Auditório João Paulo II da Pontifícia Universidade Urbaniana e contará com a presença de: Dom Giampietro Dal Toso, Presidente das Pontifícias Obras Missionárias; Padre Tadeusz Nowak, Secretário Geral da POPF; e Nataša Govekar, diretora da Direção Teológico-Pastoral do Pontifício Dicastério para a Comunicação. Estarão também presentes o diretor, os autores do curta, alguns atores e colaboradores da produção.

Experiência de fé
O curta-metragem visa apresentar em forma de breve e documentária a história e a experiência de fé de Pauline Jaricot, contando-a através dos olhos e da vida de Claire, uma jovem mulher de nosso tempo. Portanto, uma história dentro de uma história. O objetivo é a evangelização, ou seja, anunciar a centralidade de Cristo na vida de Pauline para que o público, especialmente os jovens, possam se deixar interpelar pela mensagem na qual ela acreditou, o Evangelho. A escolha recaiu sobre a narrativa porque a de Pauline Jaricot é “uma história boa capaz de transpor os confins do espaço e do tempo: à distância de séculos, permanece atual, porque nutre a vida”. [Cf. Mensagem do Papa Francisco para o 54º Dia Mundial das Comunicações Sociais, n. 2].

Paixão missionária
O filme pretende comunicar através de imagens e músicas originais a beleza e o amor que Jaricot encontrou em Deus e que gerou sua paixão missionária para que, naqueles que a conhecerão, possa ser gerado um efeito atrativo, um autêntico veículo de fé cristã. Por este motivo, este curta – produzido em cinco línguas – será destinado a projeções com o objetivo de animação missionária, mas também é concebido como um meio de missio ad gentes, obra útil para iniciativas de “uma Igreja em saída”, em lugares e ambientes não cristãos, e por este motivo será colocada à disposição de todas as Direções Nacionais das Pontifícias Obras Missionárias.

As filmagens do curta foram realizadas durante os oito dias que a equipe passou na França, envolvendo jovens do movimento Chemin-neuf, que tem um ramo dedicado à evangelização através da arte; e jovens das Pontifícias Obras Missionárias Francesas. Os locais das filmagens incluem além de Lyon onde Pauline Jaricot teve sua experiência de fé, mas também Rustrel, uma comuna na região Provença-Alpes-Côte d’Azur, conhecida como o “Colorado da Provença”, onde Pauline Jaricot tinha fundado a fábrica de Notre Dame des Anges. Também aparece nas cenas finais do curta-metragem a pessoa que recebeu o milagre da cura pela intercessão de Pauline Jaricot: Mayline Tran, uma menina de três anos na época. A família Tran participou da fase final do projeto, compartilhando o espírito do projeto e contando sua própria experiência.

A produção e a promoção do curta-metragem foi possível graças à colaboração das Direções Nacionais das POM, em particular: Missão Católica Austrália, Missão Irlanda, Missão UK, OMP Españnha, OPM Canadá Francófone, PMS nos Estados Unidos, PMS Coréia.

Fonte: Fides/Vatican News

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados