Revista SIM em edição especial celebra a vida de Pauline Jaricot

No dia da celebração dos 200 anos da Pontifícia Obra da Propagação da Fé (POPF), apresentamos uma edição especial da Revista do Serviço de Informação Missionária (SIM). Em 2022, Ano Jubilar Missionário, celebram-se diversas datas relevantes para as forças missionárias da Igreja.

Realçamos a gênese das Pontifícias Obras Missionárias (POM), advinda da serva de Deus Pauline Jaricot, a ser beatificada em 22 de maio de 2022. Nascida em Lyon, em 22 de julho de 1799, Pauline fundou a obra da Propagação da Fé em 3 de maio de 1822. Ela foi a última dos sete filhos de Antoine Jaricot e Jeanne Lattier. Seus pais, pertencentes à classe média da França, possuíam uma fábrica de seda no centro da cidade e gozavam de uma boa situação financeira.

Pauline criou a primeira rede mundial de oração e solidariedade para atender às necessidades dos missionários e missionárias ad gentes. Celebramos os 200 anos desta Obra e 100 anos que o Papa Pio XI deu às Obras um caráter Pontifício. Também comemoramos os 150 anos do nascimento do beato Paolo Manna, PIME, fundador da Pontifícia União Missionária (PUM) e os 400 anos de criação da Congregação para a Evangelização dos Povos.

Nesta edição, conheça um pouco mais sobre os diferentes aspectos da vida de Pauline Jaricot, vinculados e voltados à constituição dos primeiros passos para vivermos uma Igreja missionária além-fronteiras: seu testemunho que inspira; sua mística; a Missão Ad Gentes; a Oração; a ajuda material; as suas amizades; o seu sofrimento; o milagre que leva ao caminho para a sua beatificação.

Façamos deste Ano Jubilar Missionário uma oportunidade para nós e nossas comunidades vivermos a espiritualidade assumida por Pauline Jaricot, a fazermos da oração e da caridade, nossas fontes para estarmos, a cada dia, mais próximos de Jesus Cristo.

Acesse a nova edição especial do SIM | Pauline Jaricot: Testemunho inspirador 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados