Regional Sul 3 envia a leiga Juliana Azevedo à Missão em Moçambique

A paróquia Nossa Senhora dos Anjos, em Gravataí, celebrou no último domingo, 07 de agosto, junto às festividades da padroeira, o envio da jovem Juliana de Assis Azevedo à Missão em Moçambique. A celebração foi presididade por Dom Adilson Pedro Busin, cs, Bispo Referencial para a Animação Missionária no Regional Sul 3.

O momento foi marcado pela emoção dos familiares e amigos e pela alegria do envio da jovem. Das mãos dos pais, Ana e Salvador, Juliana recebeu a Cruz Missionária e foi enviada por toda a comunidade à missão ad gentes. Durante a homilia, dom Adilson destacou a responsabilidade da comunidade local, da Arquidiocese de Porto Alegre e de todo o Regional Sul 3 que envia Juliana a Moçambique:

“O envio é para todos, que saibamos estar com ela, mesmo na distância, nas dificuldades e nas alegrias, através da oração e do compromisso de rezar uma Ave-Maria por dia pela interecessão de Nossa Senhora dos Anjos. Que sejas mensageira do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo”, desejou o bispo.

Juliana embarca para a missão na próxima quarta-feira (10), junto com dom Adilson, que visitará a equipe, os projetos desenvolvidos na missão e as paróquias de Micane e Larde durante 15 dias.

A Missão em Moçambique
São 28 anos de história e mais de 65 missionários enviados no projeto de parceria entre a Igreja Católica do Rio Grande do Sul e a Arquidiocese de Nampula, no norte de Moçambique.

Juliana integrará a equipe até então formada pelos padres Luiz Weber (Diocese de Santo Ângelo) e Camilo Pauletti (Diocese de Caxias do Sul) e pelas leigas Maria Bernardete Acadroli (Diocese de Caxias do Sul) e Maria Isabel Tromm (Diocese de Joinville). No local, a equipe missionária tem como principal preocupação manter um olhar voltado para a realidade da população local a fim de atender suas necessidades mais básicas. Desde 1994, a atuação das equipes missionárias priorizou as áreas da saúde, educação, promoção da mulher e direitos humanos, aliadas ao atendimento religioso e pastoral.

Atualmente, a missão é responsável pelo acompanhamento a duas paróquias que somam cerca de 150 comunidades e mantém dois projetos sociais na área de educação: uma Biblioteca Comunitária que recebe por dia em torno de 50 alunos e o projeto de alfabetização e reforço escolar Murima Wa Mwana (Coração de Criança), que acompanha cerca de 120 crianças e adolescentes para o reforço escolar e mais 50 mulheres na alfabetização.

Outro projeto importante desenvolvido pela equipe é o Lar Vocacional, que atualmente acolhe 9 meninos no processo de formação e discernimento vocacional. As paróquias de São Miguel Arcanjo de Micane e São Paulo Apóstolo de Larde, através do Lar, já contam com mais de 20 seminaristas nas diferentes etapas de formação e congregações.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados