Primeiro coordenador nacional dos COMISEs foi ordenado presbítero

No último dia 08 de maio (sábado), o então diácono João Luiz da Silva, da arquidiocese de Mariana (MG), foi ordenado presbítero. A equipe das Pontifícias Obras Missionárias (POM) expressa uma profunda gratidão a Deus pelo dom da vocação desse neo-presbítero e pela sua resposta – pronta e generosa – ao chamado do Senhor, que se concretizou no recebimento do sacramento da ordem.

Durante o 2º Congresso Missionário Nacional de Seminaristas, realizado no ano 2015, em Belo Horizonte, o Pe. João Luiz da Silva, foi eleito coordenador nacional dos Conselhos Missionários de Seminaristas (COMISEs), responsabilidade que ele exerceu, com muito êxito e competência, até o mês de julho 2018. Ele foi o primeiro coordenador nacional dos COMISEs.

Na realização dessa função, coordenando uma equipe nacional, o Pe. João Luiz se destacou como um jovem inquieto diante das urgências missionárias, criativo e propositivo, persistente, ótimo articulador. Acompanhou, assiduamente, os COMISEs em diversos níveis (nacional, regional e de sua província eclesiástica) e os ajudou no serviço de animação, articulação, planejamento e formação missionária. Responsável nos serviços assumidos, realizava-os com dedicação e generosidade, demonstrando uma verdadeira paixão pela missão.

Sem dúvida, a Igreja do Brasil avançou muito, nesses últimos anos, no campo da animação, formação e articulação missionária de seminaristas, graças ao serviço de muitos missionários seminaristas, como o neo-presbítero.

Acreditamos que, através do esforço de propagar, articular e apoiar os COMISEs, muito em breve, surgirá uma nova geração de presbíteros, com uma mentalidade muito mais missionária que ajudará a Igreja no processo de conversão pastoral e de passar de “uma pastoral de mera conservação para uma pastoral decididamente missionária” (DAp 370).

Esperamos, também, que todos os seminaristas, apoiados e orientados por seus respectivos Bispos, Reitores e Formadores e animados pelos COMISEs, possam viver sua vocação de discípulos missionários, em profunda sintonia com a caminhada missionária da Igreja no Brasil e com as Diretrizes para a Formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil para que “não exista um só clérigo em que não arda este sagrado fogo da caridade pelo apostolado missionário” (Pio XI, Rerum Ecclesiae, 9).

Pe. Antônio Niemiec CSsR
Secretário nacional da Pontifícia União Missionária

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados