Pontifícia Obra da Propagação da Fé em processos

Por Pe. Badacer Neto*

Em seu caminho de animação, formação e cooperação missionária, a POPF segue com suas atividades em todo o Brasil e inicia processo de transição de sua secretaria nacional.

Processo é uma palavra que indica movimento e continuidade, uma realização contínua e prolongada de alguma atividade, um seguimento, um decurso que enriquece, que considera o que fora iniciado e faz com que a vida e a história não sejam um conjunto sobreposto de fatos e ações estanques e desconexos, mas uma caminhada interligada com todas as situações que vão se apresentando.

A Pontifícia Obra da Propagação da Fé, POPF, em seu caminho de animação, formação e cooperação missionária, tem se esforçado para que os fatos, as pessoas e as situações estejam interligadas, atenta para que se realize uma história onde as partes se entrelacem ao todo, em uma comunicação de seu objetivo cada vez mais clara e, consequentemente, compreensível de aceitação, pois tudo se trata da comunicação do Plano de amor que Deus tem nos revelado por meio de seu Filho Jesus Cristo.

Há quatro anos, na Assembleia Nacional da Juventude Missionária, atividade de maior visibilidade e força da obra, o secretariado da POPF assumia uma caminhada em que os processos fossem tema orientador da própria caminhada, evitassem personalismos e apropriações indevidas tendentes a fragilizar a ação missionária e a caminhada em sinodalidade.

Essa proposta daria continuidade ao trabalho de animação, formação e acompanhamento à Juventude Missionária, o que tem sido realizado a partir do plano trienal, construído em referida assembleia, e da montagem de grupos de trabalho (GTs) para implementação e dinamização do plano junto aos coordenadores estaduais espalhados pelo Brasil, fortalecendo a animação e a cooperação missionária no meio das juventudes.

A POPF também é responsável por outras atividades, tais como as Famílias Missionárias e os Idosos e Enfermos Missionários que, dentro do processo de dinamização da obra, precisavam de maior atenção. Pelo Nordeste, especificamente Rio Grande do Norte e Sergipe, as Famílias Missionárias haviam iniciado processo de caminhada com previsão de produção e lançamento de um material que as auxiliasse em sua dinamização. Partiram de um material existente na secretaria da obra, sendo feita a devida revisão junto a esses grupos, com reelaboração e lançamento de material de animação, implantação e formação das Famílias missionárias, composto por folder, subsídio de encontros e cartaz, além de um trabalho de articulação e implantação pelo Brasil.

Há ainda, além dessas atividades com as juventudes e famílias, as atividades junto aos idosos e enfermos. Inclusive, já existiam atividades assim no Nordeste, contudo, tinham sido desarticuladas com o tempo. O resgate veio após conversas entre alguns participantes de uma das assembleias do Conselho Missionário Nacional (Comina). Ao conhecermos a Cida Alves da Diocese de Coronel Fabriciano em MG, iniciamos um diálogo e, a partir dali, começamos a rearticular a atividade junto aos idosos e enfermos missionário. Foi lançado, então, um material composto por um subsídio para formação, um folder de apresentação e implantação da atividade e um devocionário para os idosos e enfermos, material esse que tem sido muito procurado para compreender esse novo serviço.

O processo não está acabado, a vida é missão, como nos recorda o tema deste mês missionário. E a missão está sempre aberta a novos olhares e contribuições. Dentro dessa perspectiva, muitos têm contribuído e seguido o chamado que Deus nos faz de irmos sempre mais além. Nesse sentido, iremos iniciar, logo no primeiro semestre de 2021, um caminho de transição do secretário nacional, vindo aí um período de avaliar e de apresentar, ao novo secretário, o Padre Genilson Sousa da Silva, como estão os processos percorridos pela obra, bem como contextualizar quais as realidades envolvidas.

Padre Genilson vem do Nordeste, da diocese de Nazaré em Pernambuco, Regional NE 2, onde atualmente está como Administrador Paroquial da Paróquia de Nossa Senhora do Desterro em Itambé. É um jovem padre, cheio de entusiasmo missionário que, com certeza, irá contribuir com o crescimento e fortalecimento da POPF no Brasil, bem como atuar por uma consciência e cultura missionária em nossa Igreja. Seja bem-vindo Pe. Genilson!

* Secretário Nacional da POPF

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

14 respostas

  1. Sou da paróquia de Nossa Senhora do Desterro em Itambé e vcs estão Ganhando um grande Missionário q gosta de estar perto das pessoas, um padre muito carismáticos que já estamos com muitas saudades . Muito bem escolhido pra essa missão. Que Deus o abençoe nessa jornada linda Padre Genilson.

  2. Deus seja Louvado por sua vida e sua missão Padre Genilson que São José é nossa Senhora do Desterro estejam a frente

  3. Sou da paróquia nossa senhora do desterro em Itambé é muito gratificante ter o nosso querido padre Genilson nesta missão que Deus lhe abençoe sempre saudades .

  4. Sou da paróquia nossa senhora do desterro em Itambé é muito gratificante ter o nosso querido padre Genilson nesta missão que Deus lhe abençoe e lhe ilumine sempre saudades.

  5. Sou conhecida por maze faço parte da paróquia nossa senhora do desterro em Itambé é uma bênção de deus ter o nosso querido padre Genilson nesta missão seja feliz meu bom pastor que Deus lhe abençoe sempre.

  6. Que bom termos a oportunidade de conhecer a POPF.
    Estimado padre Genilson, que Nossa Senhora do Desterro interceda por ti nessa nova missão.
    Mesmo distante, estarei perto acompanhando tão importante missão.
    Deus o abençoe
    Abraço fraterno conterrâneo

  7. Que bom termos a oportunidade de conhecer a POPF.
    Estimado padre Genilson, que Nossa Senhora do Desterro interceda por ti nessa nova missão.
    Mesmo distante, estarei perto acompanhando tão importante missão.
    Deus o abençoe
    Abraço fraterno conterrâneo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados