Paulina Jaricot: 160º aniversário do seu regresso à casa do Pai

No dia 9 de janeiro, às 7 da manhã, há cento e sessenta anos atrás, a nossa proximamente Beata e amada fundadora Paulina Maria Jaricot regressou à casa do Pai depois de intenso sofrimento físico e espiritual. Morreu na pobreza, oficialmente registada entre os pobres de Lyon. Foi enterrada como uma completa desconhecida e apenas alguns dos pobres da cidade estiveram presentes no seu funeral. As suas últimas palavras antes de morrer foram: “Ô ma Mère, je suis toute à vous!” (Ó minha mãe, sou toda tua!) Estas são as mesmas palavras escolhidas pelo Papa S. João Paulo II para a sua moção: Totus Tuus [Todo teu], referindo-se à Mãe de Deus.

Que a nossa amada Fundadora interceda sempre por todos os batizados, especialmente por aqueles que trabalham todos os dias com as Pontifícias Sociedades Missionárias, que estão ao serviço do Santo Padre na sua solicitude pela missão ad gentes e no apoio às jovens Igrejas nos territórios de missão.

Padre Tadeusz Nowak, OMI
Secretário Geral da Pontifícia Obra da Propagação da Fé

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados