Haiti: Missionárias da Congregação das Irmãs de Santa Catarina VM relatam realidade dramática

“A situação é dramática. Uma realidade muito forte, que começou no sábado pela manhã, por volta das 8h30. Foi um momento arrasador e atingiu a nossa região, em Les Cayes, próximo ao epicentro do terremoto. Foi um terror, todos nós experimentamos isso, parecendo que a terra abriria e que nós seríamos engolidos”.

Esse é o testemunho de Ir. Maria Liani Postai csc, da Congregação das Irmãs de Santa Catarina VM, que junto com mais seis religiosas atuam no Haiti junto à população mais carente, sendo missionárias no atendimento à saúde.

No último sábado, 14 de agosto, um terremoto de 7,2 que atingiu o sul do Haiti, causando mais de 2.189 mortos e quase 12 mil feridos. Entre os mortos estão dois sacerdotes e entre os feridos está o Cardeal Chibly Langlois.

Ir. Maria Liani fala sobre os momentos vividos nos últimos dias. “O terremoto arrasou com a maioria das casas dos pobres, também destruiu prédios, e a cúria da diocese caiu por terra.  Nós estamos dando toda a assistência às famílias, tentando conseguir recursos. O que tínhamos já foi investido na compra de lonas, alimentos e água, pois tudo parou. Além do abalo que nós irmãs sofremos, pois demoramos um pouco para retomar. Nós temos que ser fortes para consolar, ajudar e restaurar as famílias que tiveram todas essas perdas. Toda a ajuda, especialmente a oração, e também o auxílio material para podermos ajudar a reconstruir, ao menos em parte, as casas onde as pessoas possam ficar, pois as famílias perderam os espaços de convivência”, lembrou a missionária.

O vídeo enviado pela missionária mostra um pouco da realidade local após o terremoto, através do testemunho do Frei João Daniel, haitiano.

 

Missionárias colaboram com os cuidados na saúde

A Congregação das Irmãs de Santa Catarina VM, das Províncias de Novo Hamburgo (RS) e Petrópolis (RJ), colaboram em três comunidades: Corail – Grandanse, Abacou – Sao Jean de Sud e Bellabe. Em Abacou e Corail atendem em postos de saúde chamados Dispensaire e em Bellabe atendem a saúde domiciliar, clínica móvel e formação de jovens. “Estamos em Corail- região de Grandanse, Diocese de Jeremie, Abacou e Bellabe na Região Sul e Diocese de Les Cayes. Nos três campos de missão atendemos na área da Saúde, seja em Postos e à domicílio. Também, em Bellabe temos a Casa de Formação para a Vida Religiosa onde estão conosco quatro jovens Postulantes haitianas.”, finalizou Ir. Maria Liani.

 

Ajudas podem ser realizadas
Para colaborar com o trabalho das Irmãs no Haiti, a congregação disponibilizou uma conta para receber doações.
Banco do Brasil
Agência 3134 digito 8
Conta Poupança: 131 220 dígito 0
PIX – 51 99685 2959
A conta está no nome de Ivoni Francisca Ferreira dos Passos (Ecônoma de Província)

Texto: Fabrício Preto/POM
Fotos: Ir. Maria Liani Postai csc, da Congregação das Irmãs de Santa Catarina VM

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados