Experiência missionária das Dioceses de Barreiras e Barra (BA)

O contato com outra realidade cultural e eclesial ajuda a abrir os horizontes, expandindo a consciência missionária, favorecendo o entendimento de que a Igreja Peregrina, por sua natureza, é missionária. A Igreja nasce da missão e para missão.

Assim sendo, e com o entusiasmo de Cooperação Missionária, foi realizado entre as dioceses de Barreiras (BA) e Barra (BA), uma Experiência Missionária articulada pela coordenação do COMIDI, nas pessoas do Pe. Leandro (Barreiras) e Pe. Joel (Barra), nos dias 14 a 19 de dezembro de 2021, no qual se comemorou o Jubileu de Ouro do bispo frei Luiz Cappio, que completou 50 anos de ordenação sacerdotal.

Da diocese de Barreiras, foram enviados 30 missionários e missionárias, no intuito de cooperar com a diocese irmã, animando as comunidades, visitando as famílias e realizando formações no decorrer da semana. Os alunos da Escola Missionária, que é uma iniciativa da diocese de Barra, e os leigos, sacerdotes, religiosos e religiosas da diocese também se fizeram presentes, colaborando para uma Semana Missionária fecunda. Os missionários foram subdivididos e enviados para as comunidades, no qual puderam experimentar a maravilha do encontro, o encontro com o irmão, consigo mesmo e com o próprio Cristo, presente em diversas realidades dos bairros da cidade da Barra.

A articuladora da Juventude Missionária de Barreiras, Nadime Kananda, relata que “a experiência missionária foi marcante pelo fato de que a gente enquanto missionários pensamos que iremos para fazer o bem para os outros, mas quem mais se beneficia somos nós. Essa foi minha primeira missão realizada em outra diocese e não imaginei que seria tão maravilhoso como foi. A conexão que tive com o povo de Pau D’arco, uma comunidade da zona rural de Barra (BA), foi surpreendente e a sensação foi de que eu já os conhecia e que já estava a anos naquele lugar. Deus já estava ali, Ele sempre esteve, se comunicando e se encontrando com o povo. Agradeço a Paróquia São Gonçalo de Mansidão, a diocese de Barreiras e a diocese de Barra por proporcionar tamanha graça! Gratidão a Deus que de tudo cuida!”

Dom Luiz, com um grande sinal de profetismo e esperança, renegou todos os presentes que lhes foram oferecidos e pediu ao povo (comunidades) que toda forma de presente, fossem revestidos em cestas básicas para serem distribuídas para as famílias que estão em situação de fragilidade diante dos aspectos desencadeados pela pandemia.

No dia 19 de dezembro de 2021, concluiu-se a Semana Missionária com a celebração eucarística em ação de graças pelos 50 anos de vida sacerdotal de Dom Luiz, no qual também se fizeram presentes, Dom João, bispo de Bom Jesus da Lapa (BA) e presidente da CNBB regional NEIII, Dom Itamar Vian, arcebispo emérito de Feira de Santana. E o bispo da diocese de Barreiras que não pode se fazer presente, porém enviou uma carta de felicitações que foi lida durante a celebração.

Por Emerson Dias/POM

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

Uma resposta

  1. Que Deus abençoe e possa adubar esse solo de esperanças, que as sementes brotem e germinem fé e compromisso com a Santa Igreja e a POM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados