Corrente Solidária vai ajudar projeto social para jovens de Myanmar

A Pontifícia Obra da Propagação da Fé, por meio de suas atividades Juventude Missionária (JM), Famílias Missionárias (FM) e Idosos e Enfermos Missionários (IEM), assume o projeto Corrente Solidária como um gesto concreto dos grupos em todo o Brasil em prol da missão Ad Gentes.

A Corrente Solidária teve início através da articulação da Juventude Missionária do Brasil, que nos recorda a iniciativa da fundadora da Propagação da Fé, a beata Paulina Maria Jaricot. Mesmo não podendo ir à missão além-fronteiras, Paulina organizou um grupo de operárias francesas que colaboravam com uma doação mensal para as missões e a oração diária, sempre com o espírito da universalidade.

Em 2021 o compromisso além-fronteiras por meio da cooperação missionária material e espiritual será para com a Igreja de Myanmar, uma grande nação de mais de 55 milhões de habitantes, com a presença de católicos, onde em 1868 chegaram os primeiros missionários do PIME. A presença da Igreja Católica está inserida em vários âmbitos, principalmente com a formação da juventude, no olhar solidário nos cárceres, na vida dos dependentes químicos.

A Corrente Solidária se destinará ao projeto nas periferias, no trabalho de formação qualificada para jovens em informática, inglês, corte e costura, preparando para o mercado de trabalho. O projeto Corrente Solidária acontece através de doações fruto do sacrifício pessoal e comunitário, em comunhão com as atividades da Pontifícia Obra da Propagação da Fé.

Como a Corrente Solidária acontece
Os participante dos grupos são os principais agentes do projeto. Cada um é convidado a buscar outras cinco pessoas (missionários solidários) para explicar o projeto e convidar a rezar pelas juventudes da Ásia. Também incentiva o missionário solidário a passar a corrente para mais pessoas. O participante do grupo arrecada as doações e entrega ao coordenador do grupo, que repassa às POM via depósito bancário.

As POM do Brasil se responsabilizam em enviar os recursos para Myanmar, diretamente aos padres do PIME que cuidam do projeto Community College. Os grupos devem fazer o repasse a partir do dia 30 de julho até o dia 30 de agosto.

As doações arrecadadas pelos grupos, bem como outras doações, devem ser enviadas para a conta:
Pontifícias Obras Missionárias
Banco do Brasil – Agência: 3413-4
Conta corrente: 170703-5
PIX 61 999792022
CNPJ: 50668441000134

Enviar os comprovantes de depósito para o e-mail: administrativo@pom.org.br

Nova identidade visual
O novo logotipo do projeto Corrente Solidária foi pensado para estar em harmonia com a identidade visual da Pontifícia Obra da Propagação da Fé (POPF), neste caminho de celebração de seus 200 anos de missão no mundo. O globo é o elemento principal que simboliza a missão além-fronteiras, lembrando a identidade missionária das POM é uma rede de oração e solidariedade pela missão universal da Igreja e a serviço do Papa, como compromisso missionário de fé de todo o povo de Deus. A mão representa o gesto de partilha que a JM através da oração, sacrifício e solidariedade dos grupos de base, das demais atividades da POPF, oferecendo a uma realidade concreta da missão universal.

Acesse o Manual de Identidade Visual da Corrente Solidária

Baixe a nova logo da Corrente Solidária

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados