Comissão Nacional para Juventude da CNBB realiza missão jovem, na prelazia do Alto Xingu-Tucumã, no Pará

A “Missão Jovem na Amazônia” é uma iniciativa da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB (CEPJ), e a recém fundada Prelazia do Alto Xingu-Tucumã no Estado do Pará, foi a escolhida para acolher esta edição do projeto que ocorreu entre os dias 16 a 24 de julho. A Missão Jovem da CNBB reuniu pessoas de diversas expressões juvenis e de vários Regionais do Brasil, os quais foram acolhidos nesta Prelazia.

O Primeiro dia de atividades foi marcado pela missa de envio realizada na Catedral de Nossa Senhora Aparecida na cidade de Tucumã. Esta santa eucaristia foi celebrada por Dom Jesus Maria López Mauleón, que é bispo da Prelazia do Alto Xingu-Tucumã e concelebrada por Dom Antônio de Assis Ribeiro, que é bispo auxiliar da Arquidiocese de Belém (PA) e Dom Nelson Francelino Ferreira, que é bispo de Valença (RJ). Destaca-se ainda a presença de Irmã Valéria Andrade Leal, a qual atua como secretaria executiva da referida Comissão.

Em sua homilia destinada ao povo de Deus, e sobre tudo aos jovens presentes, Dom Jesus Maria fez memória ao seu recente encontro com o Papa Francisco em Roma durante a Visita Ad Limina Apostolorum. Onde o Santo Padre ao ouvir os clamores da Igreja da Amazônia apresentados pelos senhores bispos dos Regionais Norte 02 e Norte 03, não deixou de ressaltar a importância do olhar sensível da Igreja para com a suas expressões juvenis.

Dom Nelson Ferreira que é presidente desta comissão (CEPJ), também dedicou algumas palavras saudosas à juventude do Brasil, ao recordar um pouco do trajeto percorrido pela Comissão, a qual no contexto de pandemia de COVID, teve o zelo e cuidado de adiar a realização desta missão por três anos consecutivos. Mas que no ano de 2022 após um processo de discernimento opta por realizar o projeto “Missão Jovem” nesta também jovem prelazia da Amazônia.

Após a missa de envio os jovens foram direcionados ao centro de formação da Prelazia para organizarem-se em grupos menores que foram destinados/enviados para as paróquias de diferentes regiões da Prelazia. Neste momento Dom Antônio de Assis, que também faz parte desta Comissão apresentou a todos 10 pontos importantes para se conhecer a Amazônia, em especial a região da Prelazia do Alto Xingu-Tucumã, um momento de formação importante para que todos pudessem se preparar para “pisar neste chão”, com ressaltou o bispo.

A partir da segunda feira dia 18 os jovens que foram direcionados para as paróquias de São Félix do Xingu, Bannach, Tucumã, Água Azul do Norte, Ourilândia do Norte e Cumaru do Norte, puderam viver a experiência genuína da missão, visitando às famílias, e sobre tudo os idosos e enfermos de cada região. O objetivo foi o de promover o amadurecimento da fé através do encontro com Jesus Cristo na pessoa dos mais necessitados.

Como bem citou Dom Nelson ao destacar a fala do Papa Francisco na Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, n° 49 “(…) prefiro uma Igreja acidentada, ferida e enlameada por ter saído pelas estradas, a uma Igreja enferma pelo fechamento e a comodidade de se agarrar às próprias seguranças. Não quero uma Igreja preocupada com ser o centro, e que acaba presa num emaranhado de obsessões e procedimentos (…)”, este é o fundamento maior da Igreja, afirmou Dom Nelson.

Junto aos senhores bispos presentes, os mais de 50 jovens advindos de diversas dioceses do Brasil, uniram-se às juventudes da Prelazia, e foram acolhidos pelas paróquias e comunidades da região. Dom Antônio de Assis acompanhou parte desta juventude que foi destinada à Paróquia de São Félix do Xingu, o bispo faz parte desta Comissão Nacional e é referencial da juventude no Regional Norte 2 (Pará e Amapá) da CNBB.

Ao percorrer as comunidades do Setor Nereu (área rural) pertencente a esta paróquia, a qual possui mais de 20 Igrejas particulares, Dom Antônio de Assis caminhou de mãos dadas à esta juventude para conhecer a realidade local, através de visitas às famílias, idosos e doentes, além de animar a juventude local e fomentar o espírito missionário nas lideranças das comunidades, colaborando com a articulação e formação das mesmas.

Uma das Igrejas visitadas foi a comunidade São Luiz à mais de 20 quilômetros do centro de São Félix do Xingu, local onde os Jovens que pertencem à diversas cidades como Oiapoque no Amapá, Mossoró no Rio Grande do Norte, Ponta Grossa no Paraná e Belém do Pará, dentre outras, puderam vivenciar a experiência de uma Igreja em saída. Estes jovens foram hospedados nas casas de algumas famílias, fazendo-se como estas, experimentando a vivência essencial da vida em comunidade.

Esta Missão ajudou a dar novo ânimo para caminhada destas juventudes, como ressaltou Izadora Silva de Melo, do Estado do Paraná, “(…) eu nunca havia saído para tão longe do meu estado, e fui enviada por Deus para estar aqui conhecendo esta realidade que é tão diferente da minha, esta experiência me ajuda a crescer (…)”, destacou a jovem. De modo semelhante, os jovens do local também foram animados por esta partilha e por esta convivência.

Como a jovem Gabriela Campos Gomes do setor Nereu que, a partir da visita desta juventude em sua Comunidade Nossa Senhora Aparecida, aceitou o desafio de coordenar um novo grupo de jovens deste setor. Gabriela reconheceu as dificuldades desta missão, mas deu seu “SIM” para esse desfio lançado pelo bispo Dom Antônio de Assis em sua passagem por esta comunidade. É um exemplo do movimento desencadeado por esta missão dentro da Prelazia.

Após uma semana de atividades missionárias desenvolvidas por estes jovens de todo o Brasil, a Prelazia do Alto Xingu-Tucumã se despediu da “Missão Jovem na Amazônia” no domingo dia 24 de julho. Foram dias intensos de visitas missionárias às famílias, aos jovens, aos idosos e doentes das diversas comunidades e paróquias desta Prelazia. A conclusão das atividades ocorreu com a santa missa de envio dos jovens na catedral de Nossa Senhora Aparecida.

Esta santa eucaristia foi presidida por Dom Jesus Maria López Mauleón e concelebrada pelo clero presente, num dado momento da homilia o bispo local partilhou a palavra com Dom Nelson, o qual ressaltou o comprometimento de Dom Jesus Maria para com o povo da Prelazia. “Dom Jesus teve muita coragem em acolher esta missão nacional”. E continuou dizendo, se a igreja do Brasil tivesse “solidariedade eclesial, não haveriam dioceses com poucos padres”, como destacou Dom Nelson.

Este referia-se a pouca quantidade de padres nesta prelazia que tem grande extensão territorial, e concluiu dizendo que a partir desta missão os ânimos de todos estão renovados, “que a fraternidade e a força juvenil explodam em nossos corações”, concluiu o bispo de Valença. Outro destaque desta celebração foi a nomeação da Jovem Luzia Vidal Vasconcelos como assessora geral da pastoral juvenil na Prelazia do Alto Xingu-Tucumã, junto à Padre Blásio Henz o qual é pároco na Área Pastoral da Sudoeste.

Luzia Vidal é moradora de São Félix do Xingu e coordenou a equipe de organização da missão em nível da Prelazia, a qual atuou incansável desde o inicio deste ano para a organização do evento. Luzia terá a missão de articular as expressões juvenis desta Prelazia, as quais, são tão diversas e com grande potencial evangelizador. Para as comunidades visitadas durante está missão, permanecerá o legado desta juventude do Brasil, a qual abdicaram de suas casas e de seu conforto para vivenciar esta experiência.

Para a prelazia do Alto Xingu-Tucumã ficará reverberando o ardor missionário deste momento intenso, onde as lideranças das comunidades, os jovens e as famílias visitadas puderam encher-se de novo ânimo. Assim como, os jovens missionários que retornaram para suas cidades com novo compromisso, de serem sinal autêntico de uma Igreja em saída e em estado permanente de missão.

“Missão Jovem na Amazônia” é um sinal da presença de Deus, que não esquece dos seus filhos e filhas, e enviou estes jovens missionários para partilharem suas experiências e descobrirem suas próprias dificuldades e potencialidades diante dos desafios da missão. A Igreja da Amazônia sente-se reconhecida e alegre com a presença e o testemunho desta juventude que não teve medo de assumir este compromisso, atendendo ao desafiador chamado de Deus.

Texto e Imagens: Renan Rosário, PASCOM Regional Norte 2

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados