Vídeo do Papa: o desafio apaixonante da Ásia

Vídeo do Papa: o desafio apaixonante da Ásia

Rezemos pelos cristãos da Ásia, para que eles favoreçam o diálogo, a paz e a compreensão mútua, especialmente com aqueles que pertencem a outras religiões

O Apostolado da Oração divulgou sexta-feira, 3 de novembro, o vídeo do papa com a sua intenção de oração para novembro: Francisco pede que os cristãos na Ásia favoreçam o diálogo e a paz. Às vésperas de sua visita apostólica a Mianmar e Sri Lanka, o papa, convoca à convivência e entendimento mútuo entre os cristãos da Ásia e os fiéis de outras religiões.

Seu apelo é especialmente relevante neste continente com mais de 141 milhões de católicos em 48 países, onde ainda existem regiões em que ser cristão pode representar riscos e perseguições.

“Rezemos pelos cristãos da Ásia, para que eles favoreçam o diálogo, a paz e a compreensão mútua, especialmente com aqueles que pertencem a outras religiões”, pede o papa. “Neste continente onde a Igreja é uma minoria, o desafio é apaixonante”, acrescenta.

“O que mais me impressiona na Ásia é a variedade de suas populações, herdeiras de culturas antigas, religiões e tradições”, diz Francisco. “Devemos promover o diálogo entre religiões e culturas; é uma parte essencial da missão da Igreja na Ásia”, afirma.

Confira aqui o vídeo:

Segundo o Diretor Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa e do Movimento Eucarístico da Juventude (MEJ), padre Frédéric Fornos, SJ, “São João Paulo II já havia apontado que a Ásia era o continente onde Deus decidiu revelar e realizar o seu plano de salvação. Mas hoje enfrentamos o imenso desafio de construir um presente e um futuro de diálogo e paz”.

As intenções de oração são confiadas mensalmente à Rede Mundial de Oração do Papa. Desde o seu lançamento, em janeiro de 2016, o ‘Vídeo do Papa’ teve mais de 19 milhões de visualizações em suas redes próprias.

O ‘Vídeo do Papa’ é possível graças à contribuição espontânea de muitas pessoas. Neste link você pode fazer a sua doação.

Fonte: Rádio Vaticano

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu