Seminário em Brasília discute missiologia

Seminário em Brasília discute missiologia

Missiólogos e missiólogas de todo o Brasil participam do Seminário Nacional de Missiologia, entre os dias 10 e 14 de junho, no CCM em Brasília. O encontro tem como tema “Batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo” e destina-se a pessoas com pós-graduação em missiologia (especialização, mestrado e/ou doutorado). A organização é da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB, em parceria com as Pontifícias Obras Missionárias (POM) e o Centro Cultural Missionário (CCM).

1Entre os objetivos, busca-se aprofundar a reflexão sobre a missão, com uma ênfase especial sobre a missão ad gentes, em sintonia com a temática do Mês Missionário Extraordinário. Também busca oferecer a missiólogos/as a oportunidade de partilha do saber missiológico e de colaboração efetiva com o processo de preparação para esse evento eclesial, assim como despertar e motivar o potencial de missiólogos/as do Brasil, incentivando-os/as para a produção da reflexão sobre a missão e evangelização.

Para motivar os trabalhos do Seminário, diversos são os temas que serão discutidos ao longo da semana. Pe. Estevão Raschietti apresentou nesta terça o tema “Missão ad gentes e o processo de colonização e de descolonização”. Segundo o assessor, os missionários são aqueles que tomam a iniciativa para ir ao encontro. “A missão ad gentes é o movimento que deve ir ao encontro do outro, não para catequizar nem como um objeto de conversão, mas simplesmente para encontrá-lo e ele encontrar a nós”, destacou o assessor Pe. Estevão.

Dom Vittorino Girardi vai assessorar o tema “A missão ad gentes no magistério da Igreja, a partir do Vaticano II”. Os participantes do evento terão oportunidade de apresentar o resultado de seus estudos, pesquisas, reflexões e aprofundamentos.

2Segundo Dom Odelir José Magri, bispo referencial da Comissão Missionária da CNBB, essa programação foi incluída num contexto da convocação do Papa Francisco para o Mês Missionário Extraordinário, com o objetivo de aprofundar o estudo da missão ad gentes. “Os quase 40 missiólogos e missiólogas aqui presentes são multiplicadores dos processos regionais de formação missionária. Temos muitos pedidos de assessoria para encontros diocesanos, e poderemos contar com esses missiólogos para colaborar com a missão nos nossos 18 regionais pelo Brasil”, lembrou Dom Odelir.

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu