Papa Francisco pede para banir loucura homicida do terrorismo

Papa Francisco pede para banir loucura homicida do terrorismo

Atentado com um caminhão em uma área turística de Berlim, deixa 12 mortos e cerca de 50 feridos.

Em um telegrama enviado ao arcebispo de Berlim, na Alemanha, dom Heiner Koch, o papa Francisco expressou seu pesar pelo atentado terrorista ocorrido ontem nesta cidade e incentivou que a “loucura homicida” não tenha mais espaço no mundo.

O Santo Padre enviou sua mensagem um dia depois que um homem invadiu um mercado de Natal com um caminhão em uma área turística de Berlim, deixando 12 mortos e cerca de 50 feridos.

Nesta terça-feira, 20, a chanceler alemã, Angela Merkel, disse que o ocorrido na noite de ontem na Praça Breitscheidplatz, perto da avenida Kurfuerstendamm e de um templo protestante, foi efetivamente um atentado terrorista.

Em declarações à imprenpapa-franciscosa, afirmou também que confia na investigação que as autoridades realizam para esclarecer os fatos.

A polícia deteve um homem de origem paquistanesa, mas assinalou que possivelmente não seja ele que conduziu o caminhão e que o verdadeiro responsável estaria livre.

“Seria particularmente repugnante se o atacante tiver proteção e asilo da Alemanha como refugiado”, sublinhou a mandatária sobre o suspeito, em relação a algumas informações que assinalaram que teria essa condição.

Na mensagem ao Arcebispo de Berlim, assinada pelo Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado do Vaticano, indica-se que o Papa Francisco soube desses fatos “com profunda comoção”.

“Sua Santidade expressa a própria participação no luto dos familiares, expressando a própria compaixão e assegurando a sua proximidade em sua dor. Na oração, confia os falecidos à misericórdia de Deus, suplicando a Ele também a cura dos feridos”.

No telegrama, o Pontífice agradece “aos serviços de socorro e de segurança pelo esforço ativo” e ressalta que “o Papa Francisco se une a todos os homens de boa vontade que se empenham para que a loucura homicida do terrorismo não encontre mais espaço em nosso mundo”.

“Neste sentido, Sua Santidade implora de Deus Pai misericordioso a consolação, a proteção e a bênção consoladora”, conclui o telegrama.

Fonte: ACI Digital

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu