Moçambique: dom Esmeraldo e padre Maurício celebram em Campo de Refugiados

por Victória Holzbach *

A alegria do encontro, as surpresas de cada pequeno detalhe e as novidades da África marcaram os primeiros dias de visita em Moçambique de dom Esmeraldo Barreto de Farias, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB e do padre Maurício da Silva Jardim, diretor nacional das Pontifícias Obras Missionárias (POM).

IMG_4820

A acolhida vibrante, tradicional do povo moçambicano, foi vivenciada nesta quarta-feira, 4 de outubro em uma das comunidades da paróquia São Francisco de Assis, de Nampula. O Campo de Refugiados de Maratane existe em Nampula desde 2001 e acolhe cerca de 14 mil pessoas de diferentes nacionalidades, entre elas, os provenientes da Ruanda, Congo e Burundi. São “pessoas que sofrem por não poderem retornar ao seu país, mas que também esperam e lutam por dias melhores”, aponta dom Esmeraldo.

Segundo o bispo, a experiência destes dias vem ao encontro dos diversos testemunhos relatados pelos missionários que estão e estiveram no país. “Meus ouvidos escutaram tanta coisa sobre Moçambique, e agora eu posso ver, sentir e compreender um pouco mais tudo isso que escutei”, reforçou o bispo.

Nos próximos dias, dom Esmeraldo e padre Maurício visitarão o bispo brasileiro, dom Luiz Fernando Lisboa, da diocese de Pemba no norte de Moçambique. Na programação, devem encontrar os missionários e missionárias brasileiros nesta diocese e na arquidiocese de Nampula. Na sequência, seguem para a comunidade da Missão do Regional Sul 3, em Moma. Essa missão é mantida pelas dioceses do Rio Grande do Sul.

IMG_4822

* Victória Holzbach, jornalista e missionária em Moma, Moçambique

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

Uma resposta

  1. Eu sempre considei Dom Esmeraldo um santo homem pela sua humildade contagiante.Que Nosso Senhor Jesus Cristo abençoe todo o seu ardor missionário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados