Missão: Transformar a vida de crianças como girassóis

Missão: Transformar a vida de crianças como girassóis

Em sua missão nas Filipinas, Fr. Geraldo Costa sentiu-se chamado para ser Padre-Missionário-Psicólogo-Psicoterapeuta Infantil. Como Psicólogo, tem atuação em clínica Infantil para crianças com problemas de desenvolvimento, emoções e sobreviventes de traumas.

Por Fr. Geraldo Costa, CICM

Deus escreve o caminho vocacional com linhas certas, mas às vezes a gente se percebe todo enrolado e, somente depois, é que as coisas começam a ficar claras. Quando fui chamado a ser Missionário na Congregação do Imaculado Coração de Maria, sabia que estava disposto a ir aonde quer que Ele me enviasse, mas não tinha ideia do caminho Missionário a ser traçado que me levaria às Ilhas Filipinas como Psicólogo e psicoterapeuta infantil.

Meu caminho missionário com crianças vítimas de abuso e negligenciadas deu muitas voltas e foi construído aos poucos. Comecei a trabalhar com crianças na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro. Depois de alguns anos, fui para o México e conheci um grupo de meninos que se chamavam “Los Moscas” porque viviam no lixo e eram livres que só. Esses meninos moravam em um lugar que se chamava “El Clube” e ainda seminarista, eu tirava o meu dia de descanso com eles fazendo alguma atividade recreativa ou esportiva.

Deixei o México e a liberdade dos “Los Moscas”, mas aprendi muito com eles. Uma das lições que aprendi foi a do Amor Livre do Pai a todas as crianças que sofrem, especialmente de injustiça. Descobri o significado do abraço de Jesus que acolhe, carrega e bendiz a criança em Marcos 10,16. Discerni que ademais de meu chamado à vida missionária, Deus me chamava a um trabalho com os pequenos abandonados e que sofrem.

camp kapangan

Um dia em 1996, cheguei ao meu país de Missão, as Filipinas. Fui trabalhar como estagiário em uma universidade, mas depois de minha ordenação sacerdotal fui morar em uma Casa de Acolhimento para meninos de rua enquanto eu estudava uma das línguas nacionais, o Tagalog. Os meninos da Casa foram os meus professores da nova língua que aprendia, o Tagalog e, aos poucos, tornaram-se minha nova família. Neles, percebi uma tristeza profunda enraizada na alma pequena dos meninos. Essa tristeza se tornou uma pergunta doída em mim, em como ir além de dar o básico com comida, teto e estudo, mas realmente transformar a vida dessas crianças tão sofridas.

Foi então que descobri meu Chamado específico de ser Padre-Missionário-Psicólogo-Psicoterapeuta Infantil. Estudei psicologia e me tornei psicólogo. Conseguimos estabelecer uma clínica Infantil para crianças que foi batizada de “Sunflower Children’s Center” (Centro Psicoterapêutico-Infantil Girassol). No Sunflower, atendemos crianças com problemas de desenvolvimento, problemas emocionais e sobreviventes de trauma. A maioria das crianças que atendemos passaram por momentos muitos difíceis, são verdadeiras sobreviventes das calamidades da vida. Elas chegam conosco em um estado de paralisia ao amor, uma negação ao emocional para evitar a dor. Depois de certo tempo de processo terapêutico, o sorriso tímido volta ao rosto dessas crianças e um traço de luz começa a ser notado. É incrível ver Deus trabalhando e modificando tanto sofrimento a partir do que fazem os psicoterapeutas do Sunflower, que são somente instrumentos do Pai que em Jesus acolheu, abraçou e abençoou as crianças (Mc 10,16).

Continuamos a nossa Missão com o desejo de que todas as crianças sejam como Girassóis, crescendo em direção a luz; lindas em toda a sua plenitude.

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu