JM de Eirunepé (AM) celebra 10 anos

JM de Eirunepé (AM) celebra 10 anos

“Juventude Missionária: 10 anos de oração, fé e missão” é o tema do jubileu comemorativo da Juventude Missionária de Eirunepé (AM). As comemorações se iniciaram no dia 13 de outubro, onde os jovens participantes da JM se encontraram no Casarão de Fátima, Centro Pastoral catequético/Gêneses, com o intuito de reviver a história.

am1'O encontro contou com a participação do coordenador estadual da JM, Gabriel Soares, que animou os jovens na caminhada e recordou o carisma da juventude missionária, bem como as experiências missionárias vividas por ele. No dia 14 de outubro, encerrou-se as comemorações com uma missa em ação de graças na comunidade de Aparecida. Na ocasião, a coordenadora diocesana Sândila Vieira relatou a história do grupo nesta caminhada de 10 anos.

Nossa história

Há 10 anos, iniciou-se em Eirunepé (AM), na Paróquia de São Francisco, a articulação da Juventude Missionária. Motivados pelo anseio de dar continuidade à vocação missionária, jovens vindo da Infância e Adolescência Missionária se organizaram para continuar o compromisso a exemplo de Maria, viver e anunciar a Boa Nova da Salvação. Uma ideia que começou pequena, poucos apostaram que o serviço poderia efetivamente vingar. Poucos foram os jovens que aceitaram os desafios de fazer parte de um grupo que tinha como proposta principal evangelizar outros jovens e a todos aqueles que precisavam ouvir as palavras de salvação. Jovens que não se contentaram somente em ficar dentro de uma sala, mas que saíram para evangelizar pelo mundo. O nosso mundo no coração, o nosso coração no mundo.

am3Ao longo desses 10 anos, muitos jovens participaram e deram suas contribuições. Foram inúmeras missões realizadas em nossa Paróquia e na Diocese. Quantas pessoas foram evangelizadas e quantas pessoas nos evangelizaram. Houve dificuldades na caminhada, mas a cruz ensina que não há vitória e salvação sem ela. Com certeza, o mesmo espírito que animou os discípulos de Jesus, continua nos animando na missão. Graças à ousadia e audácia de Paulina Jaricot, uma grande missionária que apoiou as missões de toda a igreja, sentindo a necessidade de colocar-se inteiramente à serviço da missão com um olhar universal.

Viver esta década é olhar para trás e poder dizer: “é um momento ao qual se chega percorrendo diversos caminhos com dificuldades e fé.” Sempre carregamos na lembrança e no coração, cada pessoa que, ao longo desses dez anos muito contribuíram e fizeram parte desta família. Aos que ainda caminham conosco, desejamos coragem e perseverança, pois sabemos que a caminhada não tem sido fácil. O nosso muito obrigado primeiramente a Deus, e a todos que nos ajudaram nessa obra maravilhosa de evangelização. A coordenação nacional, a coordenação estadual, a diocese de Cruzeiro do Sul, e a paróquia, que nunca mediu esforços a nos ajudar. Parabéns por estes 10 anos de oração, fé e missão. Que o ardor missionário impulsione cada vez mais os jovens do mundo inteiro. Por intercessão dos padroeiros da missão Santa Teresinha do Menino Jesus e São Francisco Xavier e Nossa Senhora Aparecida, digo a vocês: Avante jovens, a missão continua. Jovens Missionários, sempre solidários.

Por Gabriel Soares, coordenador estadual, e Sândila Vieira, coordenadora diocesana

Deixe uma resposta comment1 Comentário
  1. outubro 22, 12:18 Anderson Santana

    Parabéns JM de Eirunepé pela coragem e ousadia na missão! Deus eja vossa força sempre nos momentos de dificuldades! Paz e bem

    reply Reply this comment
mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu