“Igreja não faz missão de vez em quando, é sempre missionária”, diz cardeal

“Igreja não faz missão de vez em quando, é sempre missionária”, diz cardeal

Cardeal Cláudio Hummes é presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia e da Rede Eclesial Pan-Amazônica (Repam)

O quadro “O Brasil na Missão Continental” continua dando voz aos nossos pastores, trazendo um pouco da experiência deste projeto de animação missionária na realidade eclesial em que eles se encontram.

Para a edição de hoje nosso convidado é o arcebispo emérito de São Paulo, ex-prefeito da Congregação para o Clero e atual presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Cláudio Hummes, O.F.M., que é também presidente da  Rede Eclesial Pan-Amazônica (Repam).

De passagem por Roma dias atrás, dom Cláudio falou-nos ao Programa Brasileiro da Rádio Vaticano, trazendo-nos, entre outros, o desafio da missão na realidade amazônica. Antes de situar a Missão Continental na Amazônia, o presidente da Repam dá-nos o contexto em que esse projeto foi proposto pela Conferência de Aparecida.

“A Missão Continental significava uma Igreja na América Latina articulada também na missão, e não apenas cada uma fazendo a sua missão em suas dioceses”, afirma dom Claudio acrescentando que a missão permanente significava em primeiro lugar que a Igreja não faz apenas de vez em quando a missão, mas ela é sempre missionária. “Dentro deste próprio projeto de uma Missão Continental apareceu a questão da Amazônia”, disse ainda. Vamos ouvir (ouça clicando acima).

Fonte: Rádio Vaticano

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu