Fraternidade no coração da Amazônia

Fraternidade no coração da Amazônia

Um pedido objetivo e certeiro do Papa Francisco, em um breve diálogo, motivou o trabalho missionário na Amazônia, descobrindo a beleza e o sofrimento desse povo.

Por Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus

Era a tarde do dia 22 de junho de 2013, na capela do Hospital São Francisco na Providência de Deus, Rio Janeiro, e o coração de cada frade que ali se encontrava batia acelerado. Quando o carro estacionou, um misto de emoção, assombro e gratidão misturou-se às lágrimas. O Papa Francisco caminhou entre eles com sua simplicidade peculiar. Cumprimentou a todos com simpatia e parou diante do Guardião Geral, Frei Francisco Belotti, e por instantes conversaram. Ao ser apresentado aos irmãos que atuam no Haiti, perguntou:

– Vocês estão na Amazônia?

– Não, Santo Padre.

– Então devem ir.

Foi um pedido breve, objetivo e certeiro. Mas bastou para que a Fraternidade ouvisse, no pedido do Papa, o mandato de Cristo: “Ide!” E como filhos da Divina Providência, saímos da Capela do Hospital com um convite missionário. Naquela mesma semana, Dom Frei Bernardo Johannes Bahlmann, OFM, Bispo da Diocese de Óbidos, Pará, convidou Frei Francisco para conhecer uma Santa Casa que passava por dificuldades, em sua Diocese, e que estava praticamente de portas fechadas.

Pág. 7 - Fraternidade (6)Após o devido discernimento e conhecimento da missão e da região missionária, aceitamos o desafio e chegamos em Óbidos no dia 4 de fevereiro de 2014. Com um carinho excepcional, próprio do povo da região, fomos acolhidos para dar início à nossa missão específica nessa Igreja que tem como lema: “Uma Igreja missionária no coração da Amazônia”.

Iniciamos nossos trabalhos colaborando com a comunidade local, descobrindo a beleza da região Amazônica e quais os desafios e sofrimentos do povo. Sobre a luz do Espírito, e para sermos fiéis ao nosso carisma de repetir o abraço ao irmão leproso de hoje, também abraçamos essa missão sobre dois fortes rumos: anunciando e curando-cuidando. Anunciando por meio das pastorais, movimentos e ajuda na paróquia Catedral de Santana e demais comunidades, e também a cura e o cuidado dos enfermos, nossos preferidos, assumindo a administração do hospital.

Pág. 7 - Fraternidade (8)Assim o trabalho foi surgindo e fomos percebendo os sinais para melhor servir. Surgiu então um novo desafio prontamente aceito por nossa Fraternidade, ao assumir outro Hospital na cidade de Juruti (Pará), também pertencente à Diocese de Óbidos. Equipado com tecnologia de ponta, o complexo construído por uma mineradora multinacional encontrava-se praticamente fechado há quase dois anos por falta de gestores. Iniciamos um trabalho de grande movimentação para dar vida e atuação a esses dois santuários da vida: no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Óbidos e o Hospital 9 de Abril na Providência de Deus.

Desse modo, vivemos junto ao nosso povo, levando esse amor por meio do cuidado e do testemunho, vivendo como Franciscanos na Providência de Deus na Amazônia, na certeza de que há fraternidade entre nós e o povo.

E o Espírito Santo continua a mover o olhar de nossa Fraternidade ao povo amazônico pelas mãos de Frei Francisco, o qual idealizou, junto ao Conselho, o projeto do Barco Hospital Papa Francisco para atender à população ribeirinha na Amazônia. O Barco já está em construção e em 2019 irá atravessar as águas do rio para socorrer os mais necessitados, dando oportunidade a homens e mulheres de bem a exercerem um trabalho missionário de salvar vidas, cuidando do corpo e da alma pela ação missionária comprometida com os valores dessa Igreja com rosto amazônico.

Ouçamos sempre a voz de Nosso Seráfico Pai São Francisco: “Comece fazendo o necessário, depois o possível e logo estará fazendo o impossível”.

 

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu