Experiência de missão no Rio Grande do Norte

Experiência de missão no Rio Grande do Norte

A Diocese de Santa Luzia de Mossoró, no Rio Grande do Norte, vivenciou a III Animação Missionária Vocacional na Paróquia de São Miguel Arcanjo, nas cidades de São Miguel, Coronel João Pessoa e Venha Ver (RN). A missão aconteceu no período 24 de janeiro a 03 de fevereiro, tendo como Tema: “Enviados para testemunhar o evangelho da paz”.

dom6Como parte da programação, nos dias 24, 25 e 26/01, os 80 missionários participaram de um retiro assessorado por Dom Esmeraldo Barreto de Farias, Bispo Auxiliar de São Luís no Maranhão e Presidente da Comissão Episcopal para ação missionária e cooperação intereclesial. Após o retiro, os missionários foram enviados para as comunidades da paróquia. Participaram da animação 23 seminaristas da Diocese de Mossoró, 36 jovens vocacionados, 05 diáconos, 05 religiosas, 02 Bispos (Dom Mariano Manzana Bispo Diocesano da Diocese de Mossoró RN e Dom Esmeraldo), e ainda 9 Padres que, ao longo da Semana, celebraram nas comunidades, também visitaram os idosos, ministraram a unção dos enfermos e atenderam aos féis em confissões.

dom3Todos os dias pela manhã as comunidades se reuniam para a oração e o café partilhado na casa de uma família da comunidade, seguida das visitas às famílias. À tarde alguns continuavam com as visitas, outros realizavam encontros com crianças, jovens, encontro de espiritualidade missionária para a comunidade e formações. À noite, as celebrações aconteciam nas capelas das comunidades. No sábado todos os missionários retornaram para o sítio Jacó onde teve um momento de confraternização entre os missionários e no domingo, às 10h, foi realizada a avaliação da III Animação missionária vocacional. O Bispo diocesano, Dom Mariano Manzana participou de toda a missão, fez visitas em alguns dos setores e visitou famílias, idosos e doentes.

Para o seminarista Miquéias Ícaro de Oliveira, do 2º ano de Filosofia, a Missão foi tempo de descoberta. “Esta III Animação Missionária Vocacional foi de fato um momento para fortalecer o meu caminho vocacional e, no meio do povo, sentir um pouco do que é ser um bom pastor para o rebanho do Senhor, sobretudo, entender que a missão não é nossa, e sim de Deus, e nós somos apenas colaboradores dessa missão e devemos nos abrir a graça deste Deus, pois só assim tudo acontece”, conclui o seminarista Miquéias.

dom4O jovem vocacionado Klyverton Rennan, da cidade de Tabuleiro Grande/RN, destaca como foi sua primeira experiência nesses dias de missão. “Essa foi a primeira Animação Missionária Vocacional que participei, e também é minha primeira experiência missionária em outra comunidade, fora de minha Paróquia, então, eu amei tudo que vivi. O seminarista Íkaro Drêan que me acompanhou, me ajudou muito. A missão fez com que minha vocação ficasse mais viva. Agora sim, eu vi que Deus está me chamando para viver com a comunidade.

 

 

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu