Diocese de Nazaré no Pernambuco promove Experiência Missionária Diocesana

Diocese de Nazaré no Pernambuco promove Experiência Missionária Diocesana

A missão reuniu nos dias 08 a 16 de julho, na paróquia de São José em Feira Nova, cerca de 180 pessoas, entre eles seminaristas do propedêutico, filosofia e teologia

“Se vocês tiverem amor uns com os outros, todos reconhecerão que vocês são meus discípulos” (Jo 13, 25). Com esta inspiração bíblica a diocese de Nazaré no Pernambuco realizou a sua IV Experiência Missionária Diocesana.

A missão reuniu nos dias 08 a 16 de julho, na paróquia de São José em Feira Nova, cerca de 180 pessoas, entre eles seminaristas do propedêutico, filosofia e teologia, do Seminário Diocesano de Nazaré, padres, leigos e leigas, religiosos e religiosas. Participaram também, o coordenador e a secretária do Conselho Missionário Regional (Comire), o padre Edvaldo Alexandre de Brito e Josiane Costa, e dois jovens da Juventude Missionária (JM) do Rio Grande do Norte.

bf537f9c-2ee4-4a9f-80cd-9497ca2618b1

“Como discípulos missionários de Jesus percorremos todas as comunidades da paróquia, encontrando as pessoas. As visita e celebrações representaram para a paróquia de São José um despertar à missão que não acontece apenas em tempos especiais, mas que é convidada a viver com entusiasmo a ação evangelizadora em estado permanente de missão”, explica o padre Edvaldo de Brito. “A Experiência Missionária aconteceu com missionários (as) de toda a diocese, num grande mutirão de evangelização com carismas e espiritualidades diferentes, todos com a mesma finalidade de vivenciar a fé e testemunhar o amor de Deus”, disse o coordenador do Comire.

Para o seminarista Tony do 3º Ano de Teologia, a missão foi “importante para a vida da paróquia, pela convivência e espiritualidade do crucificado: ‘Tenho Sede’ (Jo 19, 28). Que tenhamos sede de Jesus para poder anunciá-lo na vivência do amor (Jo 13, 34-35). Por esse vínculo seremos reconhecidos como seus discípulos”, relata o seminarista. Nesse sentido, “a missão foi uma grande experiência de Deus que vai ao encontro das pessoas e desperta para permanecer em Cristo naIMG-20170710-WA0055 sua vida de fé”.

Para o leigo José Bossuet, de Ferreiros (PE), a missão “foi a confirmação da vocação crismal. O sacramento do Crisma que confirma a fé em Cristo e desperta para a missão. Saio da missão com fé renovada e na convicção de que fui guiado pelo Espírito Santo para ser instrumento de Deus na vida das pessoas.”

A coordenadora estadual da Juventude Missionária do Rio Grande do Norte, Josiane Costa, afirma que a missão “foi um momento rico de unidade na diversidade, partilha de conhecimentos e vivências próprio de cada carisma, visto que as equipes missionárias eram compostas por um representante de cada cidade, integrantes de diversos grupos, serviços e pastorais, cada missionário colaborando com os seus dons”.

A missão foi encerrada na manhã do domingo com a missa na matriz São José presidida pelo padre Edvaldo de Brito, seguida do reenvio dos missionários e missionárias para suas paróquias de origem.

Com informações do Comire Nordeste 2

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu