Congresso Missionário Redentorista reúne mais de 100 missionários

Congresso Missionário Redentorista reúne mais de 100 missionários

Com o tema “Santas Missões, identidade Redentorista numa Igreja em Saída”, o Congresso Missionário quis aprimorar o conhecimento teológico missionário dos presentes, como também favorecer um tempo de convivência e partilha.

Entre os dias 29 de janeiro a 2 de fevereiro de 2018, aconteceu o primeiro Congresso Missionário Interprovincial Redentoristas sobre as Santas Missões Redentoristas, com a presença de mais de 100 missionários redentoristas, entre padres, irmãos, estudantes junioristas, seminaristas, religiosas e missionários leigos ligados às missões.

foto1Com o tema “Santas Missões, identidade Redentorista numa Igreja em Saída”, o Congresso Missionário quis aprimorar o conhecimento teológico missionário dos presentes, como também favorecer um tempo de convivência e partilha.

A casa de hospedagem Santo Afonso em Aparecida (SP) sediou o evento, com boa acolhida aos participantes como também os palestrantes do Brasil e da Argentina. Tendo o número em torno de 510 missionários, os redentoristas no Brasil possuem um grupo de missionários dedicados exclusivamente à pregação das Santas Missões.

A reflexão apurada, com o empenho dos assessores, encaminhou um bom estudo para todos na compreensão dos desafios para a missão nas pequenas e grandes cidades. Contamos com peritos na área do estudo teológico e na temática missiológica. Destacamos a presença de redentoristas de outros países da América Latina e América Central, do Peru, do Paragufoto3ai, da Argentina e da Bolívia, que nos trouxeram outros enfoques e métodos missionários, sempre com a preocupação de ser uma resposta aos desafios que também enfrentam, numa Igreja em saída seguindo os passos de Santo Afonso.

O Governo Geral Redentorista quis ser presença missionária, delegando o padre Rogério Gomes, Conselheiro Geral. Esteve ainda presente o padre Edésio Borges, Presidente da União dos Redentoristas do Brasil ( URB) e provincial da Unidade de Porto Alegre (RS). Segundo padre Edésio Borges, o Congresso Missionário foi importante para a retomada da formação de equipes missionárias nas diversas províncias e vice províncias, sobretudo com a certeza de que temos a capacidade de assumir grandes missões em conjunto.

Com informações da equipe de comunicação do Congresso

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu