CNBB aprova projeto para o Mês Missionário Extraordinário

CNBB aprova projeto para o Mês Missionário Extraordinário

Em reunião realizada nesta semana, de 20 a 22 de novembro, o Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) discutiu e aprovou o projeto de preparação do Mês Missionário Extraordinário (MME), em outubro de 2019. O Conselho Permanente, constituído pela presidência, presidentes das comissões episcopais e membros eleitos dos conselhos episcopais regionais, tem caráter eletivo e deliberativo.

O projeto foi elaborado pelo Grupo de Trabalho do MME, nomeado em junho deste ano, com a tarefa de formular as primeiras propostas de ação para o mês que será celebrado em outubro de 2019. Compõem o Grupo de Trabalho do Mês Missionário Extraordinário, Dom Odelir José Magri, coordenador do grupo, Dom Esmeraldo Barreto de Farias, Dom Giovanni Crippa, Padre Antônio Niemiec, Padre Maurício da Silva Jardim, Professor Laudelino Augusto dos Santos Azevedo e Irmã Maria Inês Vieira Ribeiro.

A ideia central do projeto do MME é apresentar um processo de preparação que possa inserir a temática do mês missionário dentro da programação ordinária e habitual das Igrejas locais visando a conversão pastoral missionária. Será uma ocasião para despertar e animar as comunidades. O projeto sugere propostas desde o âmbito internacional até o paroquial, assim como propostas para as Comissões Episcopais Pastorais da CNBB e organismos de comunhão e participação.

Símbolos do MME

Durante a 57ª Assembleia Geral da CNBB, em maio de 2019, os bispos de todas as dioceses do Brasil irão receber os símbolos do Mês Missionário Extraordinário, sendo eles representados pela bandeira com o logotipo do MME e a réplica da cruz missionária. As dioceses terão a liberdade para programar a recepção dos símbolos, colaborando com a animação do MME nas paróquias.

Saiba mais sobre o Projeto do Mês Missionário Extraordinário (MME)

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu