Centro Cultural Missionário tem novo diretor

Na manhã desta sexta, 23 de outubro, foi celebrada a missa de posse do novo diretor do Centro Cultural Missionário (CCM). Pe. Djalma Antônio da Silva, membro da Sociedade do Verbo Divino, que estava na Paróquia de São Sebastião, Barra Mansa (RJ), assume a direção do CCM, neste novo momento em que a instituição configura-se como filial da CNBB. Dom Joel Portella Amado, secretário-geral da CNBB presidiu a celebração.

6Durante a homilia, Dom Joel lembrou da importância do CCM enquanto irradiador da missão na Igreja. “Abrir as portas para mais um irmão significa reconhecer que Deus não abandona a sua Igreja no exercício da ação evangelizadora, no perfil missionário, em momento algum. O coração missionário de Pe. Djalma acolheu o convite de Dom Odelir, presidente da Comissão Missionária da CNBB, para que viesse somar aqui conosco. Somar não somente para manter o que existe, mas com a obrigação de ousar, de sonhar, de ir longe. Poder fazer do CCM um grande polo irradiador, mais do que já foi ao longo de toda a sua história, propagando esse sonho missionário no Brasil e no mundo”, lembrou Dom Joel.

Em agradecimento, Pe. Djalma manifestou a importância do trabalho conjunto para se manter a unidade na diversidade. “É nesse espírito de servidor que aceitei o convite para esse trabalho missionário. Estar na Paróquia de São Sebastião foi um experiência bonita em minha vida e tenho muito a agradecer a Deus por isso. Quando me foi feito o convite, coloquei-me em oração. Lembrei de uma fala de São José Freinadmetz, primeiro santo missionário de nossa congregação, que dizia “o melhor lugar do mundo é aquele onde Deus me quer”. E a partir desta fala comecei a rezar e disse o meu sim. Agradeço a confiança da CNBB e o apoio. Como missionário, estou consciente da minha responsabilidade e desafios que tenho pela frente aqui nesta instituição. Por isso conto com o vosso apoio, a todas as entidades que contribuem com o CCM, para que possamos manter a unidade na diversidade”, destacou Pe. Djalma.

7Em seu histórico de formação, Pe. Djalma possui doutorado em ciências sociais com concentração em Antropologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2005). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia das Populações Tradicionais e Afro-Brasileiras, remanescentes de quilombos. Participou de equipes de elaboração de laudos antropológicos de comunidades quilombolas no NUQ-UFMG. Possui mestrado em ciências sociais com concentração em antropologia pela Universidade de São Paulo – USP (1998). Tem experiência com populações da africa Bantu, especialmente entre o povo Bahungana na Republica Democrática do Congo (ex Zaire). Viveu três anos nesse pais. Fala, lê e compreende a língua kikongo. Tem experiência com pesquisa e elaboração de laudos antropológicos com comunidades quilombolas.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados