Caritas mobiliza apoios a vítimas dos ataques em Cabo Delgado

Caritas mobiliza apoios a vítimas dos ataques em Cabo Delgado

A Caritas Moçambicana, braço humanitário da Igreja Católica no País, tem estado a intensificar o nível de resposta na assistência às vítimas dos ataques terroristas em Cabo Delgado, sobretudo os deslocados e famílias sem abrigo que deambulam de um lado para o outro.

Em entrevista ao Vatican News, o Secretário-Geral da Caritas Moçambicana, Santos Gotine, afirma que os ataques em Cabo Delgado, são localizados, acontecem numa Diocese, neste caso a de Pemba, e a Caritas diocesana tem estado a mobilizar apoio a milhares de famílias carenciadas.

A Igreja em apoio aos que sofrem
Ainda de acordo com Santos Gotine, nos últimos tempos, assiste-se a uma grande movimentação de deslocados que chegam a várias dioceses do norte do País e na sequência, a Igreja ao nível das dioceses tem estado a dar acolhida a essas pessoas e famílias que buscam algum abrigo e assistência.

Resposta na mitigação e prevenção da Covid-19
Relativamente à pandemia da Covid-19 que grassa igualmente no País e no Mundo em geral, o Secretário-geral da Caritas Moçambicana afirma que esta organização tem estado em articulação com todas as suas representações nas dioceses, a levar a cabo ações de mitigação e prevenção do Coronavírus, que já conta com 4 óbitos, perto de 700 casos positivos, entre eles, alguns internados no leito hospitalar.

De referir que a Caritas Moçambicana afigura-se o braço humanitário da Igreja Católica no País e tem feito intervenções em várias situações de calamidades sanitárias e naturais, aliviando assim o sofrimento de milhares de pessoas, em Moçambique.

Fonte: Vatican News

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu