Campanha Missionária 2017: Anunciar a alegria do Evangelho

Campanha Missionária 2017: Anunciar a alegria do Evangelho

A alegria dos discípulos missionários tem a sua motivação mais profunda no encontro com Cristo ressuscitado

por Jaime Carlos Patias *

“A alegria do Evangelho para uma Igreja em saída” é o tema da Campanha Missionária no mês de outubro 2017. A mesma temática animou o 4º Congresso Missionário Nacional, nos dias 7 a 10 de setembro, em Recife (PE). A Igreja Povo de Deus é constituída por diferentes sujeitos da missão, de diversas idades e etnias, conforme destaca o lema da Campanha Missionária: “Juntos na missão permanente”. Isso reforça a importância de caminharmos unidos, após nos deixarmos encontrar por Jesus Cristo. A missão se realiza com a participação de todos, na sinodalidade, ou seja, no caminhar juntos e na comunhão.

Conheça e baixe aqui os materiais da Campanha Missionária 2017

cartaz-zapparA alegria dos discípulos missionários tem a sua motivação mais profunda no encontro com Cristo ressuscitado. A primeira saudação do Ressuscitado às mulheres que foram ao sepulcro foi: “Alegrem-se!” (cf. Mt 28,9). Além disso, os discípulos ficaram muito felizes ao ver o Senhor (cf. Jo 20,20). Os discípulos de Emaús viram seu coração arder “quando Ele nos falava pelo caminho” (Lc 24,32). Por isso a mensagem “Jesus vive” é a centralidade do anúncio do Evangelho (cf. Lc 24,23), a Boa Notícia para todos, ontem e hoje. A vida e a presença de Jesus ressuscitado no meio de nós é uma proclamação de vitória sobre o mal, o pecado e a morte, que gera uma profunda e autêntica alegria.

Hoje mais do que nunca, a Igreja é chamada a sair para anunciar essa alegria do Evangelho a todos. O objetivo de toda evangelização e missão da Igreja é gerar o encontro entre o Ressuscitado e o ser humano para que n’Ele os povos tenham vida.

O papa Francisco afirma que “o bilhete de identidade do cristão é a alegria: a admiração diante da grandeza de Deus, do seu amor, da salvação que doou à humanidade não pode deixar de levar o crente a uma alegria que nem sequer as cruzes da vida podem afetar, porque também na provação há a certeza de que Deus está conosco” (Meditação Matutina em 23 de maio de 2016). “Desde os primórdios do cristianismo, a alegria é uma força de resistência mais eficaz que os antidepressivos da farmácia” (cfr. EG 263).

Essa alegria é missionária, precisa ser anunciada a todos os povos, ad gentes, em todos os tempos e lugares. “Não deixemos que nos roubem a alegria do Evangelho” (EG 83).

Que as graças das comemorações dos 300 anos de encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida, façam crescer ainda mais a paixão pela causa missionária e a alegria evangélica em fazer tudo o que Ele disser (cf. Jo 2,5).

Pe. Jaime Carlos Patias, IMC, conselheiro Geral do Instituto Missões Consolata.

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu