As reduções jesuíticas unem Argentina, Brasil e Paraguai

As reduções jesuíticas unem Argentina, Brasil e Paraguai

Temos uma raiz comum, que são os Guarani e os Jesuítas

Num encontro bilateral entre os responsáveis pelos governos estaduais do Rio Grande do Sul (Brasil) e Misiones (Argentina), foi assinado o compromisso para retomar o percurso que liga 30 centros missionários jesuíticos históricos da região, para transformá-los numa rota turística única no seu gênero em todo o mundo.

Redução JesuiticaVictor Hugo Álvez, Ministro da Cultura e do Turismo do Rio Grande do Sul, disse que “para nós existem muitos interesses comuns e o desafio é trabalhar juntos na ‘Rota Jesuítica’: Brasil, Argentina e Paraguai. Pediremos ao governo brasileiro que invista neste projeto. A história e o patrimônio arquitetônico da experiência única desenvolvida nesta região da América do Sul agora serão salvos e valorizados com esta iniciativa”.

“A integração dos nossos povos está acima de qualquer coisa”, declarou Marcos Gabriel, Secretário do Governatorato de Itapúa (Paraguai), recordando que “temos uma raiz comum, que são os Guarani e os Jesuítas”, daqui a importância de apoiar um projeto para valorizar e criar uma marca única que diga respeito ao percurso dos jesuítas da América.

As históricas “Reduções” são consideradas um momento emocionante de impulso missionário que gerou quase 160 anos (1609-1769) de uma evangelização frutuosa entre os guaranis. No total, se contam 30 reduções guaranis, espalhadas entre os rios Paraná e Uruguai, num vasto território que compreende as regiões que hoje fazem parte do Paraguai, Argentina, Brasil, Bolívia e Uruguai, e que compreendem no total cerca de 100 milhões de habitantes.

Fonte: Agência Fides

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu