Arquidiocese de Porto Velho articula grupos de JM

Arquidiocese de Porto Velho articula grupos de JM

No dia 14 de junho, na Arquidiocese de Porto Velho, deu-se início da JM , com a santa missa na Paróquia São João Bosco. Pe. Miguel Fernandes Ramos Moura, fez a acolhida e a benção de envio dos jovem, oficializando a implantação da semente da missão junto aos jovens missionários, que serão vinculados às POM com o carisma da JM.

j4A espiritualidade dos grupos de JM está marcada por uma atitude samaritana em todos os ambientes, em especial, entre os que mais sofrem e são excluídos. Por isso, o jovem missionário é convidado a fundamentar sua identidade no amor de Deus que rompe as barreiras do preconceito e da indiferença.

O encontro começou com a acolhida das paróquias, sendo elas: Nossa Senhora de Nazaré, Nossa Senhora da Conceição, Catedral Sagrado Coração de Jesus, São José Operário, São João Bosco e Nossa Senhora dos Migrantes.  No final do encontro, foi assumido junto com Pe. Adilson Zilio, assessor do COMIDI, um representante de cada paróquia, se formou um pequeno grupo de jovens para articular a JM nas comunidades e paróquias,  tendo encontros uma vez por mês para planejar a caminha da JM e dando os primeiros passos.

j2A jovem Diennifer Vitoria da Cruz Silva ressaltou que o encontro foi um momento muito importante. “Conheci jovens vindos de várias paróquias. Tenho sede de buscar algo para minha vida. Eu como assessora da IAM senti mais forte dentro de mim a chama da missão escutando o Jovem Gabriel Vindo do Acre para partilhar sua vida de missão. Isso mexeu muito com meu coração e brotou mais ainda este ardor ser missionária, obrigada de coração a todos os que proporcionados este momentos”, destacou a jovem.

.

comment Ainda não há comentários.

Você pode ser o primeiro a deixar um comentário.

mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu