A missão requer esperança e profetismo

A missão requer esperança e profetismo

Vamos conhecer hoje, um pouco mais sobre a história de dom Paulo Evaristo Arns. Ele escolheu como lema de sua vida: “de esperança em esperança”.

Neste 6º dia da Novena Missionária vamos rezar e aprofundar o tema: A missão requer esperança e profetismo. Vamos conhecer hoje, um pouco mais sobre a história de dom Paulo Evaristo Arns. Ele escolheu como lema de sua vida: “de esperança em esperança”. Foi bispo e cardeal Emérito da cidade de São Paulo. Faleceu em 14 de dezembro de 2016 com 95 anos e três meses de vida.

Quem vai nos ajudar a conhecer um pouco mais sobre a pessoa de dom Paulo é o historiador Fernando Altemeyer Junior, professor na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Vejo dom Paulo como um literato, teólogo, patrólogo e um profeta das terras latino-americanas. Os que conviveram com ele, como eu, por anos, se perguntam de onde lhe vinha energia e coragem para enfrentar tempestades frequentes sem desanimar?

d-paulo-evaristo-arns-20161213-0003Quando o senhor o escutava, ou nas conversas do dia a dia de dom Paulo, que palavras poderia destacar e que se repetiam seguidamente?
“Repetia como que um refrão continuo: coragem! Vamos em frente!”

Na sua opinião professor Fernando, de quem ele aprendeu, qual foi a fonte?
“Certamente bebeu da fé familiar dos Arns Steiner! Terá aprendido a esperança na suave vida franciscana. E, sobretudo, degustado os textos dos filósofos franceses e as obras de pensadores da antiguidade clássica. Fez de sua ação de pastor um caldo suculento com todos estes ingredientes”.

“Posso destacar ainda que dom Paulo Evaristo Arns foi um defensor da pessoa humana sobretudo durante a ditadura militar. Cultivava um coração universal, irmão querido. Durante o tempo da ditadura (1964 a 1985) foi figura central da Igreja brasileira, destacou-se na firme e pacífica defesa dos direitos humanos para pessoas de todas as nacionalidades, ideologias, grupos políticos ou sociais”.

“No cargo de cardeal da Igreja católica sofreu pressões duríssimas dos generais ditadores, foi difamado por alguns policiais, comunicadores e agentes da direita brasileira e até mesmo de prelados da Cúria Romana pelo engajamento profético e lúcido em favor de qualquer pessoa humana nas terras latino-americanas”.

Assistir ao DVD da Campanha Missionária, 6º Dia.
Por que é importante recordar os profetas?
Quais foram as palavras motivadoras na missão de dom Paulo?

Compromisso
Certamente o testemunho de vida de dom Paulo nos questionou e nos chamou atenção. E nós, o que vamos assumir como gesto concreto, para que a esperança e a profecia estejam sempre presente em nossa Igreja?

Oração do Mês Missionários
Deus de misericórdia,
que enviaste o Teu Filho Jesus Cristo
e nos sustentas com a força do Espírito Santo,
ensina-nos a caminhar juntos
e, a exemplo de Maria, nossa Mãe Aparecida,
na celebração dos 300 anos do encontro da imagem,
sejamos, em toda a parte,
testemunhas proféticas da alegria do Evangelho
para uma Igreja em saída. Amém.

Extrato do livrinho da Novena Missionária 2017

Deixe uma resposta comment1 Comentário
  1. outubro 27, 07:36 Dora Galhano

    Esta é a Mensagem Missionária mais cativante que toca o coração da gente! O testemunho de vida de D. Paulo Evaristo Arns perpassa todas as camadas populares. as pessoas de inúmeras confissões religiosas, pois esse homem inteiramente de Deus, mergulhado na vida do povo, suscitou admiração e respeito até mesmo daqueles que se sentiam profundamente incomodados com sua coragem inabalável, a serviço da vida, de “esperança em esperança”!
    VIVA D. Paulo!!!!

    reply Reply this comment
mode_editDeixe uma resposta

Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person. Required fields marked as *

menu
menu