• Registre-se

Teve início no último dia 14 de setembro, a edição 112 do Curso de Iniciação à Missão no Brasil promovido pelo Centro de Formação Intercultural (Cenfi) e organizado pelo Centro Cultural Missionário (CCM), em Brasília (DF). O curso tem a duração de três meses e é oferecido aos missionários e missionárias recém-chegados do exterior, enviados por congregações, dioceses, entidades ou organizações, para a missão no Brasil.

 

Entre os vários encontros e compromissos do papa na Albânia, o ponto alto foi a solene celebração da Santa Missa, na Praça Madre Teresa, em Tirana. Concelebraram numerosos bispos e sacerdotes, na presença de uma grande multidão de fiéis. O papa Francisco pronunciou sua homilia, partindo do Evangelho de hoje, no qual Jesus chama, além dos Doze Apóstolos, também outros setenta e dois discípulos e os envia às aldeias e às cidades para anunciar o Reino de Deus.

 

A Comissão de Anistia reconheceu nesta sexta-feira (19) a anistia política a um grupo de índios da etnia Suruí (foto) vítimas da ação da ditadura militar durante a Guerrilha do Araguaia. Dos 16 pedidos analisados, a comissão reconheceu 14. Em todos os processos os índios foram utilizados pelos militares para o reconhecimento do território e para servir de apoio nas perseguições aos guerrilheiros.

 

As Pontifícias Obras Missionárias (POM) recebem a imprensa na segunda-feira, dia 22, às 14h, para apresentação e lançamento dos subsídios da Campanha Missionária 2014. Promovida anualmente, no mês de outubro, a Campanha tem o objetivo de chamar a atenção dos cristãos para o seu compromisso com a Missão da Igreja em todo o mundo.

 


Com o tema “Vida Consagrada, com a  Mãe Aparecida, presença consoladora na dor”, a Conferência Nacional dos Religiosos do Brasil pretende reunir, no próximo dia 4 de outubro,  religiosos e religiosas em torno da  Virgem de Aparecida. O objetivo da romaria é participar da Novena que antecede a festa da Padroeira para celebrar o Ano Jubilar. Em 11 de fevereiro de 2014, a Conferência completou 60 anos.

 

“Ouvir o irmão migrante é ouvir a voz de Jesus. Assim, a nossa missão é dar novamente dignidade ao migrante... Hoje, o agente da pastoral, sacerdote, religioso ou leigo – é chamado por Deus Peregrino a construir o Reino de justiça e solidariedade no mundo da mobilidade humana”, afirmou dom Emilio Carlos Berlie Belaunzarán, arcebispo de Yucatán, na Missa de abertura do XV Encontro Nacional sobre Mobilidade Humana.

 

- - - - - - -

Nós temos 53 visitantes online

Multimídia

Facebook